segunda-feira, 11 de junho de 2012

Caminhante, são teus rastos
o caminho, e nada mais;
caminhante, não há caminho,
faz-se caminho ao andar.
Ao andar faz-se o caminho,
e ao olhar-se para trás
vê-se a senda que jamais
se há-de voltar a pisar.
Caminhante, não há caminho,
somente sulcos no mar.
António Machado

domingo, 10 de junho de 2012

quarta-feira, 6 de junho de 2012






Tão pequena
E desbotada de chuva
A casa da infância!
Paulo Franchetti